MPLA

O MPLA está representado nas 18 províncias de Angola.

Movimento Popular de Libertação de Angola

Movimento Popular de Libertação de Angola

O MPLA, actual partido no poder em Angola, nasceu da determinação de um grupo de patriotas, que, no interior de Angola, foram apelando para a necessidade da constituição de várias organizações independentes entre si, com o propósito de iludirem a vigilância das forças coloniais portuguesas e resistirem ao colonialismo.

 

Assim, em 10 de Dezembro de 1956, é fundado o MPLA, que, a 11 de Novembro de 1975, viria a proclamar a independência de Angola, na voz do então seu Presidente, António Agostinho Neto, que se tornaria no primeiro Presidente da Angola.

 

Com a proclamação da independência nacional, deu-se início ao processo de construção e reconstrução do país, com foco na satisfação dos interesses e necessidades básicas do povo, esforço condicionado pela guerra que assolou o território, imposta de fora do país.

 

Apesar do sangrento e prolongado conflito armado terminado a 4 de Abril de 2002, o povo angolano, sob liderança do MPLA e do Presidente José Eduardo dos Santos, defendeu a independência e a soberania nacional, a integridade e a indivisibilidade do solo pátrio.

  

RESULTADOS FINAIS (2017):

  • Votos: 4.164.157
  • Percentagem: 61,077%
  • Deputados: 150


RESULTADOS NAS ELEIÇÕES ANTERIORES:

1992: 53,74% -129 deputados;

2008: 81,64 - 191 deputados;

2012: 71,84% - 175 deputados.

 

  • Presidente da República: João Manuel Gonçalves Lourenço
  • Vice-presidente: Bornito de Sousa Baltazar Diogo
  • Ex-Presidente: José Eduardo dos Santos
  • Ex-Vice-Presidente: João Manuel Gonçalves Lourenço

SITE: www.mpla.ao

 

 Fonte: ANGOP e CNE