Jacob Zuma em Luanda para a investidura de João Lourenço

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, chegou, na noite desta segunda-feira, em Luanda, para participar na cerimónia de tomada de posse do Presidente da República eleito, João Manuel Gonçalves Lourenço, marcada para esta terça-feira.

Jacob Zuma em Luanda

Jacob Zuma em Luanda

No Aeroporto Internacional 04 de Fevereiro, o estadista sul-africano, que chefia uma delegação governamental, foi recebido pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, acompanhado de outros membros do Executivo angolano e diplomatas.

 

De igual modo, chegaram hoje, ao país, o primeiro vice-presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, assim como o primeiro-ministro do Tchad, Pahime Padacke Albert.

 

O vice-presidente do Zimbabwe, Phelekela Mphoko, foi o primeiro convidado a chegar a Angola, ao qual se seguiram os Chefes de Estado de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema, e da Zâmbia, Egdar Lungu.

 

Para testemunhar o acto de investidura desembarcaram igualmente, na capital do país, os presidentes da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, da Namíbia, Hage Geingob, da Côte d'Ivoire, Alassane Ouattara, do Rwanda, Paul Kagame, e o primeiro-ministro da República Centro-Africana, Simplice Mathieu Sarandji.

 

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) proclamou vencedores, com base nos resultados eleitorais definitivos das eleições gerais de 23 de Agosto último, o MPLA e o seu candidato, João Lourenço, com 61,08% de votos.

Com estes resultados, o MPLA conseguiu, por conseguinte, a maioria qualificada, ao obter 150 dos 220 deputados à Assembleia Nacional.

 

No pleito eleitoral de 23 de Agosto concorreram, de igual modo, os partidos políticos UNITA (26,68 porcento), a coligação de partidos CASA-CE (9,45 porcento), o PRS (1,35 porcento), a FNLA (0,93 porcento) e o APN (0,51 porcento).


ANGOP

 

ANGOP