Empossados 220 deputados angolanos para nova legislatura

Os 220 deputados eleitos nas eleições gerais angolanas de 23 de Agosto foram hoje empossados no cargo para a nova legislatura, cerca das 13:15, após juramento solene que decorreu na Assembleia Nacional, em Luanda.

Presidente da República inaugura nova sede da Assembleia Nacional

Presidente da República inaugura nova sede da Assembleia Nacional

A proclamação foi feita durante a reunião constitutiva da Assembleia Nacional, que antecede o início da IV Legislatura angolana, com os trabalhos a serem conduzidos por Fernando da Piedade Dias do Santos (MPLA), presidente do parlamento na legislatura anterior.

Pelo MPLA, o partido mais votado nas eleições de 23 de Agosto, tomaram posse como deputados, entre outros, Manuel Vicente - que na terça-feira cessou as funções de vice-Presidente da República -, Ana Lourenço (a actual primeira-dama e antiga ministra do Planeamento) e Ana Paula dos Santos (agora ex-primeira-dama).

A posse dos deputados foi feita após a validação da comissão de verificação de mandatos, constituída por deputados de todos os partidos.

"Declaro constituída a Assembleia Nacional", anunciou Fernando da Piedade Dias dos Santos, cerca das 13:25.

A mesa provisória da Assembleia Nacional foi composta por 15 deputados, cujo deputado mais idoso é Fernando França Van-Dúnem, do MPLA, com 83 anos de idade, e o mais jovem Manuel Armando Ekuikui, da UNITA, com 27 anos.

Não se registaram reclamações ou impugnações de mandato para a nova Legislatura da Assembleia Nacional (2017-2022), foi igualmente anunciado.

Dos 220 deputados eleitos e empossado, 150 são do MPLA (que mantém a maioria qualificada no parlamento), 51 da UNITA, 16 da coligação CASA-CE, dois do PRS e um da FNLA.

Por não chegarem aos três deputados, PRS e FNLA não vão constituir grupos parlamentares.

 

 

Lusa

Lusa